sábado, 29 de dezembro de 2018

RECORD ESTREIA A 6ª TEMPORADA DE “GRIMM” E A SÉRIE NACIONAL “TERRORES URBANOS”

Na próxima semana a Record começa a exibir os episódios inéditos da última temporada de Grimm, sua reestreia será na quarta-feira, dia 02 de janeiro, às 23h45. A série gira em torno de Nick Burkhardt, um detetive de homicídios que tem sua vida transformada ao descobrir que é descendente de uma sociedade secreta, conhecida como Grimm. Sua missão, assim como a de seus antepassados, é manter o equilíbrio entre a vida real e a mitologia. Essa ligação com o mundo das fábulas oferece alguns perigos ao detetive e seus entes mais próximos, em especial sua noiva Juliette Silverton e seu parceiro de trabalho Hank Griffin. Porém, quanto mais Burkhardt tenta se afastar, mais se aproxima de suas raízes e inimigos do passado. Com a ajuda de Monroe, um Blutbad renovado e seu confidente, e Rosalee, uma Fuchsbau especialista em elementos sobrenaturais, ele terá de lutar contra estranhas criaturas, conhecidas como Wesen, que o perseguem e fazem mal às pessoas do mundo real.

A sexta temporada de Grimm é formada por apenas 13 episódios, a série será exibida nas segundas, quartas e quintas, provavelmente com episódios duplos. Com o fim do Programa do Porchat a Record deverá exibir seriados no horário. Como a emissora não anunciou a aquisição de novas séries, deverá exibir as mesmas de sempre, ao final de Grimm. Como por exemplo, alguma franquia CSI, “Chicago Fire” ou, até mesmo, “A Nova Super Máquina”.  Além de Grimm a emissora exibe “Chicago P.D” aos sábados e “CSI” aos domingos a partir de 00h15.
#################################################


Outra novidade na tela da Record é a estreia da série nacional “Terrores Urbanos” que estreia na quarta-feira, dia 02, às 22h45. A série é uma co-produção da Record TV com a Sentimental Filmes, formada por cinco episódios que apresentam histórias de famosas lendas urbanas, serão exibidos nos dias 2, 3, 4, 7 e 8 de janeiro. Confira a sinopse de cada episódio:

A Loira do Banheiro
Comum nos corredores das escolas, a lenda urbana se resume na existência de uma menina loira muito bonita que vivia matando aula dentro do banheiro da escola. Certo dia, ela sofre um acidente e morre no banheiro, que, desde então, torna-se um ambiente assombrado. A lenda diz que, caso uma pessoa dê a descarga três vezes, a Loira do Banheiro aparece.

A Gangue dos Palhaços
A história teria surgido ainda na década de 1960, quando um palhaço teria assassinado crianças nos Estados Unidos. Nos anos 1990, o jornal “Notícias Populares” publicou uma série de reportagens sobre Os Crimes que Abalaram o Mundo, e dentre as histórias estava a do palhaço americano. Em pouco tempo, nascia mais uma lenda urbana brasileira: uma gangue de palhaços que atacava crianças, em uma Kombi, para vender seus órgãos.

Quadro do Menino que Chora
A história é sobre o quadro, pintado por Giovanni Bragoin, que seria amaldiçoado e estaria ligado a diversos acontecimentos macabros. Para conseguir fama e vender suas pinturas, o artista teria feito um pacto com o diabo. Segundo o acordo, quem comprasse o quadro sofreria destruição física e emocional. Diz a lenda que o quadro foi responsável por milhares de incêndios residenciais que ocorreram por todo o mundo.

Boneco Amigão
De acordo com a lenda assustadora, um pacto com o diabo teria levado um personagem de TV famoso nos anos 80 a produzir um brinquedo misterioso. Dizia-se que, dentro dos bonecos do personagem, havia uma faca negra. Esta, seria usada para matar as crianças durante a noite. Muitas pessoas confirmaram a presença da faca no corpo do brinquedo, mas o objeto, na verdade, não passava de uma estrutura para prender a cabeça do boneco.

O Homem do Saco
Usado pelos adultos como uma artimanha para amedrontar crianças indisciplinadas, o homem do saco tornou-se um sucesso entre as famílias. A ideia é que o estranho sujeito levaria embora com ele as crianças que não se comportassem e andassem sozinhas, sem seus responsáveis. Ainda segundo a história, as crianças capturadas virariam sabão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine.